quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Eu me odeio ...

Eu me odeio. Me odeio por não conseguir te esquecer, por não conseguir trocar uma palavra com você sem lembrar que é ao seu lado, dormindo, que eu me sinto mais seguro. Eu me odeio por ainda pensar em você, mesmo sabendo que você nem deve pensar tanto assim em mim. Eu me odeio por não conseguir ignorar a ausência da sua presença. Me odeio por sempre procurar por você, mesmo já tendo jurado pra mim que não vou mais falar, ou tocar em qualquer assunto que seja. Eu me odeio pelas mensagens mandadas… visualizadas, mas nunca respondidas. Me odeio por não conseguir permanecer no mesmo lugar que você, sem pensar na maneira como você me olha e acaricia meus cabelos esperando que eu durma. Me odeio por gostar da forma como você beija meu olho. Mas acima de tudo, eu me odeio por tratar tudo isso como presente, mesmo sabendo que pra você já é passado. E isso me dói.

Nenhum comentário:

Postar um comentário