sábado, 21 de setembro de 2013

Gentileza!

 
Deixa a gentileza falar mais alto. Ela tem o dom de chegar sem espantar os pássaros, de não deixar cair por terra os laços.
Quando ela fala, a ira se cala, assustada. Não há quem não se renda a sua voz.
Mas pra ser gentil antes de tudo é preciso ser corajoso. Pois gentileza não tem nada a ver com covardia, com medo de amar, com medo de gente, mas sim com coragem de olhar nos olhos, de segurar na mão uma flor pronta pra ser estendida ao invés de uma pedra a ser atirada.
Só consegue atingir a arte da gentileza quem ultrapassa a superfície do olhar e mergulha no delicado sabor da essência.
Gentileza, em solo escasso de calor, é poesia.

Meire Oliveira

Um comentário: